QUANDO O ESPÍRITO BENFIQUISTA PREVALECE, NÃO HÁ DERROTA, CORRUPTO, MERCENÁRIO OU ARRUACEIRO QUE O CONSIGA APAGAR OU FAZER DESISTIR.
BENFIQUISMO É ESTADO DE ALMA SEM DEFINIÇÃO, PRIVILÉGIO DOS PUROS!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

ELEM BEM QUE QUEREM...



Não meus caros, não vai acontecer!

No ano passado foi a mesma coisa; sempre que me ausento momentâneamente do blog, (não por completo) há sempre um "coveiro" que pretende exercer sobre mim e o blog, a sua macabra profissão. Fiquem descansados, ainda não será desta.

Para que possam entender esta prosa e porque práticamente o assunto em nada difere, faço aqui a reposição do post publicado no ano passado, mais ou menos por esta altura, para que a escumalha coveira fique ciente de que não vamos abradar a nossa acção de defesa do Benfica, sejam eles sabujos rastejadores, porkos imundos do Gangster da Costa, e muito menos os gerações merdosos, os cangados, a paneleirada do tipo Ricardette, os bêbados e chulos disfarçados de benfiquistas, os "canetas-prostitutas", etc.

Áh...de novo fica o aviso aos cobardolas que pela terceira vez e no espaço de quatro anos, tentaram o encerramento deste blog: NÃO CONSEGUIRAM NEM CONSEGUIRÃO!

São demasiado incompetentes e ignorantes.São burros!

Aí, nesse país sem Lei e Ordem, através de suborno, cobardia e tráfico de influências,conseguiram calar uma meia dúzia(?) de blogs incómodos mas, relativamente a este, podem bater com os cornos à vontade porque o resultado será será o mesmo ou seja, vão ter de fazer novamente um enxerto à cabeçorra para voltar a ficar enfeitada com outra valente cornadura.

Vamos ao assunto:

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

NÃO, NÃO É DESTA QUE SE LIVRAM DE MIM
Para a alegria de uns e "mal dos pecados" de outros,não morri nem fui embora.

A pouca e momentânea actividade deste "blog", deve-se, no que a mim diz respeito, ao facto  de um incremento da actividade profissional, (que coisa boa para começo de ano) gerando alguma indisponibilidade de tempo.

Recebi alguns "mails" e telefonemas dando conta de um certo "zum-zum" gerado entre alguns dos "benfiquistas" da cacetada e até comentado à mesa de café, (porra, sou famoso!!!) de que me tinha cansado, que tinha perdido alguns contactos, que os colaboradores me tinham abandonado e uma caterva de tretas de fazer doer os músculos abdominais de tanto rir.

Não meus caros, estão redondamente enganados! Não respirem de alívio, pelo contrário, preservem bem o fôlego porque vão necessitar de reservas.

Continuo com as minhas amizades, contactos e colaboradores.

Houve quem comentasse mais ou menos nestes termos: « o bimbolagartada está quase a dar o "peido mestre" até porque  os poucos escribas estão-se marimbando e nem aparecem a dar um ar da sua graça.»                                     

ahahahahahahah!!! São poucos mas bons!

Sei que alguns desses invertebrados eram até capazes de vender as mulheres para que isso acontecesse, mas tirem o cavalinho da chuva porque aqui continua a vontade inquebrantável de defender o Benfica, quer tenha, escrevam ou não os colaboradores.O rumo é só um, todos conhecem e nesta casa estão completamente à vontade.

Mais:
Neste "blog", os meus colaboradores não assinaram qualquer contrato de periodicidade ou exclusividade nem são obrigados absolutamente a nada. Escrevem quando lhes dá na gana e ponto!

Essa cambada de cães rafeiros sem qualificação, que me aguarde porque há muita coisa em desenvolvimento e mais algumas máscaras vão cair.

Não perdem pela demora. Garanto!

Já volto!

sábado, 30 de janeiro de 2016

PASSAR SEM ELES? IMPOSSÍVEL!!!







Não se pode passar sem eles!

O que seria da blogsfera sem eles? Seria monótono, sem piada!

Sim, refiro-me aos ignorantes.

Aos bastardo-talibans, aos corruptos diplomados, chulos da caneta, etc..

Já imaginaram, por exemplo, um NGB, sem um “Arturinho Cangado” a dobrar a cerviz  e a abrir o traseiro para que o “movimento” lhe deposite as “ordens do dia” a divulgar?

Já imaginaram o mesmo  Arturinho sem o contra-peso  Shadows,  a “prostituta de serviço “ nos intervalos em que as “ordens do dia” demoram um pouco mais a serem elaboradas?

Já pensaram passar um dia sem os orgasmos “poéticos” de uma Ricardette em tempo de cio?

E que dizer de uma ausência prolongada de um Fernando bola-de-sêbo, aliás ,  Vitto Vendetta  que, em cada bacorada, não passa uma única vêz sem  colocar “o pai da humanidade” na boca,? Vícios!

Sousa Tavares, Luís Sobral, Claúdia Lopes, Manuel Serrão e outros prostitutos encartados, não podemos também passar sem eles.

O que seria do nosso entertenimento, do nosso escape de stress, da nossa gargalhada de desintoxicação?

Seria um desastre apocalíptico  sem esta gentalha na blogsfera.

Um tédio!

Por isso, não podemos passar sem eles.

Desapareceriam os comentários  (os que passam e os que são apagados) que lhes machucam a corneta,  bem como a possibilidade de lhes chamar chulos, mercenários, FDGP, etc. !

E eu, em momentos de desinspiração ou escassêz de tempo, não estaria aqui a chamar os bois pelos nomes, apenas em duas linhas mal alinhavadas.


É por isso que não podemos passar sem eles!

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

MUNDO COMENTA QUEDA IMINENTE

declaração  chocante :

Bruno de Carvalho revelou o que vai mal no Sporting e criticou os sportinguistas que são manipuláveis e promovem a desunião do clube.

Bruno de Carvalho atacou a sua torcida

Bruno de Carvalho está revoltado com o que acontece dentro e fora do clube. Como divulgou o site “Notícias ao Minuto”, o presidente do Sporting, na Assembleia Geral do clube, considera que a torcida sportinguista não é competente nem está ajudando o clube a vencer. Além de criticar suas atitudes passivas, que permitem que sejam manipuláveis, muitos dizem que são torcedores do Sporting mas estão constantemente criticando a direção atual do clube, principalmente a gestão de Bruno de Carvalho.
Após o empate comprometedor contra o último classificado da Liga Portuguesa, o Tondela, o Presidente do Sporting tem atacado os juízes, responsáveis pelo campeonato português e até os sportinguistas, revelando que muita coisa vai mal dentro e fora do clube e que esse fato está prejudicando em muito as hipóteses do time ser bem-sucedido já nessa temporada.
“Não é admissível que alguns sportinguistas queiram alimentar a desunião do clube. Continuamos em um clube que existe muita covardia. Não é apenas Rui Barreiros, muitos se escondem atrás de cartazes e perfis do Facebook. Se os nossos sócios são altamente manipuláveis e criticam de uma forma covarde essa atual direção e o seu presidente, temos que começar pensando no perfil de sócios que nós queremos para o Sporting”, revelou Bruno de Carvalho em declarações na Assembleia Geral do clube, não se preocupando com o ataque público a vários sportinguistas, revelando também os podres que existe no clube, incluindo internos.
Conhecido por não ter qualquer tipo de problemas em dizer o que lhe vêm na cabeça, Bruno de Carvalho voltou a provocar uma enorme revolução nas redes sociais, sendo bastante criticado por vários sportinguistas pela forma como ele atacou a torcida, que durante 14 anos apoiou sempre o clube quando o time não conseguiu vencer uma única vez o campeonato português. Ainda na frente da Liga Portuguesa, com dois pontos de vantagem em relação ao grande rival Benfica, a perda de pontos das últimas semanas por parte do Sporting, incluindo as críticas constantes aos juízes portugueses, estão fazendo com que a fase de lua-de-mel que o clube estava vivendo, após a chegada de Jorge Jesus, desapareça cada vez mais e mostra as suas primeiras fragilidades.

TODA A VERDADE: A "DOYEN" TAMBÉM DÓI GANGSTER DA COSTA



NO FC PORTO, NÃO MANDA O PRESIDENTE: VERDADEIRA RAZÃO PARA A SAÍDA DE LOPETEGUI É REVELADA

Nem foram os resultados, nem a relação de Lopetegui com os jogadores que fizeram com que Pinto da Costa fosse obrigado a demitir o técnico.

Pinto da Costa pode ter perdido o seu poder

Lopetegui não saiu por causa dos maus resultados ou pela pressão dos portistas, mas sim por pressões financeiras relacionadas com Imbula. Segundo informa o site “Goal”, Pinto da Costa foi obrigado a demitir o técnico espanhol, mesmo contra sua vontade, por indicações do fundo “Doyen” que, como é detentora de 50% do passe do jogador Imbula, não gostava de ver seu ativo sentado no banco de suplentes nos jogos oficiais do clube. Sendo a contratação mais cara da história do futebol português, cerca de 20 milhões de euros, o FC Porto e sua direção são pressionados constantemente para colocarem o jogador francês a titular.
Pinto da Costa sempre demonstrou publicamente total confiança em Lopetegui,sua escolha pessoal, pelo que o anúncio de sua demissão a meio da temporada, ainda lutando por vários títulos surpreendeu muitos portistas que não têm a certeza se essa foi a melhor decisão. Porém, segundo garante o site “Goal”, a decisão não foi de Pinto da Costa ou da direção portista, mas sim da “Doyen”, um fundo que pressionou o clube quase diariamente por causa de Imbula.
Na verdade, depois de ter causado muitos transtornos ao Sporting, que também sofreu com as fortes exigências dos responsáveis do fundo “Doyen”, o FC Porto está também sofrendo dos mesmos problemas atualmente, visto que o fundo tem dezenas de milhões investidos em ativos do clube e que seus lucros estão diretamente relacionados com o uso e o desempenho desses mesmos jogadores, incluindo o mais caro deles todos, Imbula.
O jogador francês, de apenas 23 anos, além de ter sido o mais caro da história do futebol português, veio rotulado como um dos próximos melhores médios do futebol mundial. Contudo, depois de vários meses jogando de titular, Imbula desiludiu e perdeu a confiança de Lopetegui, que colocou o ativo mais forte do FC Porto nas reservas durante várias partidas. Essa decisão arrojada, que até teve o apoio da torcida portista, que também não está convencida com o jogador, parece ter sido a razão principal para o FC Porto ter sido literalmente obrigado a demitir Lopetegui, mesmo contra a vontade do seu presidente.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

ESTÁ NO PAPO!!!



QUEM É...FOI E... SEMPRE SERÁ?



Muito se associa o Sport Lisboa e Benfica ao nome de António de Oliveira Salazar, muitos porque ouviram dizer, outros porque vão na corrente, mas conhecem factos? Vamos a eles!

Até 1974, foram disputados 40 títulos do Campeonato Português. O SL Benfica venceu 20 deles, contra 14 do Sporting, 5 do FC Porto e 1 do Belenenses.

Após o 25 de Abril de 1974, e nas três épocas seguintes, o SL Benfica foi tricampeão, e nos primeiros 20 anos, o SL Benfica conquistou 10 campeonatos, o FC Porto venceu 8, enquanto que o Sporting, apenas 2. Sim, aqueles que tinham vencido 14 campeonatos durante o regime, já nos primeiros 20 anos de liberdade conseguiram meter um total de dois troféus de campeão no seu museu, curioso não é? Mas há mais... 

O antigo Estádio da Luz foi inaugurado no dia 1 de Dezembro (data da Restauração da Independência) e a 5 de Outubro (Implantação da República) foi inaugurado o 3º anel.

Já a ditadura ajudou o FC Porto a construir o já desaparecido Estádio das Antas, simbolicamente inaugurado a 28 de Maio de 1952 pelo General Craveiro Lopes (dia comemorativo da revolução que deu origem ao Estado Novo), lembram-se da data que foi inaugurado o antigo Estádio da Luz? E o terceiro anel?

Quando o SL Benfica foi ocupar o campo 28 de Maio, onde jogava o Sporting, muda o seu nome para estádio do Campo Grande, relembro que 28 de Maio foi o dia comemorativo da revolução que deu origem ao Estado Novo (ditadura).

As ligações do FC Porto ao poder permitiram-lhe nas épocas de 1939/40 e 1941/42 o alargamento dos nacionais, o que salvou o FC Porto da descida à 2ª divisão por duas vezes.
  
O SL Benfica sempre foi olhado com suspeita pelo regime, pois tinha uma bandeira de cor vermelha, a cor associada a todos os que lutavam contra o governo fascista de António de Oliveira Salazar. Também o SL Benfica foi o primeiro clube a ter eleições democráticas, e já as tinha muito antes do fim do estado novo.

O hino oficial do SL Benfica não era a música escrita por Paulino Gomes Júnior e cantada pelo tenor Luís Piçarra, o "Ser Benfiquista", o hino oficial do SL Benfica, foi composto por Félix Bermudes e chamava-se "Avante Benfica", mas foi censurado por Salazar por ser entendido como uma afronta ao seu poder pela conotação da palavra "avante". 

Na história do SL Benfica contam-se imensos dirigentes que lutaram contra o fascismo de Salazar. Manuel Conceição Afonso, Félix Bermudes (o autor do hino censurado), Tamagnini Barbosa e Júlio Ribeiro da Costa são alguns desses exemplos. José Magalhães Godinho, conhecido opositor do regime, foi o primeiro diretor do jornal do Benfica. 

Félix Bermudes foi perseguido pela PIDE, e no consolado de Tamagnini Barbosa, o clube chegou a correr o risco de ser encerrado pelo governo, por alegadamente estar tomado por "conspiradores". Um outro presidente, Júlio Ribeiro da Costa, teve mesmo de se demitir para que o clube não fosse mais penalizado pelo regime, dada a sua forte conotação política com a oposição.

O SL Benfica chegou a ter um presidente operário, Manuel Afonso, também oposicionista e foi de longe o clube desportivo que mais problemas criou a Salazar.

Em 1954/55, o SL Benfica conquistava o seu 8° título de Campeão Nacional, e é curioso que não foi indicado para a Taça dos Clubes Campeões Europeus da época seguinte (1955/56).Sim, naquela altura os clubes eram sugeridos pelas entidades nacionais responsáveis e o SL Benfica, mesmo sendo campeão, não foi o escolhido pelo regime para disputar a prova europeia. 

O clube que em 1954/55 terminou em terceiro lugar, atrás de Belenenses e SL Benfica, foi o clube escolhido pelo regime para disputar a Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1955/56, falo do Sporting Clube de Portugal.

Em 1961/62, o SL Benfica foi obrigado a jogar a final da Taça de Portugal em casa do adversário, o Vitória de Setúbal, um dia depois de o mesmo SL Benfica ter vencido o Barcelona na final da Taça dos Clubes Campeões Europeus. Os 15 jogadores do SL Benfica que estiveram nesse jogo estavam em viagem no dia do jogo em Setúbal, no qual o SL Benfica perdeu por 1-0. Estranho, o Salazar era amigo e não deu um jeito à coisa?

Nos 20 anos após à revolução de Abril, o Benfica conquistou um total de 17 títulos nacionais, contra 13 conquistados pelo FC Porto, já o Sporting conquistou 4 em 20 anos, o que não deixa de ser curioso para quem tinha conquistado um total de 23 títulos nacionais durante o regime, parece que com a queda do mesmo alguém deixou de meter títulos no museu, e não foi o Benfica ou FC Porto!

Hoje, 42 anos depois da queda do regime, o SL Benfica meteu no seu museu um total de 14 títulos de Campeão Nacional, o FC Porto foi 22 vezes campeão, já o Sporting conquistou uns espantosos 4 campeonatos em 42 anos, mas durante o regime, 41 anos, conquistou 14, curioso!

Conclusão: 

O clube mais próximo da ditadura sempre foi o Sporting, pois era o clube que tinha simpatizantes com maior peso na sociedade da altura. O Sporting era o clube do regime, o número de títulos conquistados por SL Benfica, FC Porto e Sporting nos 41 anos de regime e nos 42 anos de liberdade falam por si. Contudo, Salazar aproveitou-se das vitórias do SL Benfica para se promover e credibilizar como faria qualquer outro ditador. 

in: Blog do Jarbas

sábado, 9 de janeiro de 2016

O BEIJA-CU AOS BANCOS NÃO VAI RESULTAR


NEM QUE ESTENDESSEM O PRAZO PARA 20 ANOS, IRIAM PODER PAGAR!

A ROTURA VAI DAR-SE ANTES DE TERMINAR A ÉPOCA!

E EU NÃO SOU BRUXO!


terça-feira, 5 de janeiro de 2016

ELES ESTÃO COM SAUDADES! (LEIAM COM ATENÇÃO)



Super Dragões apelam à contenção e apoio
22:10 - 04-01-2016


A principal claque de apoio ao FC Porto emitiu um comunicado a apelar à contenção de todos os adeptos, salientando que «os níveis de contestação atuais estão a ter um efeito negativo em todo o grupo de trabalho».

Eis o comunicado:

«Quando num clube com mais de 120 anos de história, com páginas douradas de conquistas através da corrupção, com glórias europeias através de subornos, a fazer de corar de vergonha os seus adversários, que sempre conquistaram honestamente troféus além fronteira, com um domínio interno jamais visto em Portugal, graças ao bem estruturado exército de drogados, chulos, pistoleiros assaltantes, etc. que compõem os Super Dragões, neste momento as vitórias são menos frequentes do que o habitual, porque a justiça aperta o cerco e actua diferentemente ao tempo do Apito Dourado, é normal que a frustração e a contestação suba de tom.

Quem como nós percorre todo o país e a Europa a apoiar o mágico Porto, assaltando bombas de gasolina, supermercados, aeroportos, deixando a família e amigos em segundo plano, faz "meias" refeições porque os restaurantes fecham à nossa passagem e dorme poucas horas porque não somos recebidos nos hotéis onde sempre deixamos calotes e roubamos as roupas de cama, toalhas e todo o resto que esteja à mão de semear, tudo para nunca faltar apoio à nossa equipa, sente ainda mais essa frustração, desencanto e tristeza.

As manifestações espontâneas de desagrado que têm ocorrido recentemente, são portanto naturais neste contexto, porque o clube está falido, deixou de subsidiar as nossas acções de apoio, tudo isto motivado pelas aberturas de contas na Suiça, nas Bahamas e outros paraísos, onde vão parar os depósitos dos nossos directores, esquecendo-se de quem tanto lhes tem guardado as costas,temos que estar preparados para lidar com a crise que nos afecta mas nunca deixando de apoiar. Aqui vence-se desde 1893,(a gente sabe que é mentira) pelo que a exigência é uma constante, e não queremos que a mesma jamais desapareça do nosso quotidiano diário, nem que tenhamos de esmurrar os focinhos do velho caduco e do nosso capatáz Henrique.

Os Super Dragões estão e estarão sempre na primeira linha dessa exigência! Queremos sempre mais e melhor para melhorar as nossas acções terroristas. Queremos um clube mais vitorioso, mais dominador, sempre e para sempre superior aos nossos rivais, quando temos a arbitragem, o CJ e o CD, do nosso lado.

A época em curso tem trazido alguns resultados frustrantes para todos os portistas...e como temos sofrido com isso! Já não temos a liberdade de antigamente quando até os jogadores temiam uma boa surra ou uns tirinhos nos joelhos.

Temos menos vontade de agir, menos vontade de trabalhar, menos alegria de sair à rua todos os dias para caçar e malhar em todo aquele que não disser: BIBA O PUORTO, CARAGO!

Nunca esperem de nós que ignoremos um resultado menos positivo ou uma competição perdida, independentemente da importância da mesma, porque todos comem pela medida grossa.

Queremos sempre ganhar, mesmo roubado à má fila, quer se trate de um amigável ou de uma final europeia.

Mas se a nossa maior preocupação é ver o Puorto a vencer, está na hora de todos e de cada um engolir o seu orgulho próprio, as suas convicções sobre este ou aquele, as suas preferências ou gostos pessoais. O Futebol Clube do Porto tem que ser sempre maior que tudo isso, tem que ser superior a todo o resto, voltando aos tempos do Apito Dourado.

Apoiar todos aqueles que envergam as nossas cores, independentemente da função que exercem, é a nossa maior responsabilidade. Não o fazer é ir contra as nossas convicções, contra aquilo que o coração nos dita, mas o tempo tem que voltar atrás. Que saudades dos tempos do Guarda Abel.

Com esta postura não queremos "tapar o sol com a peneira" ou "meter a cabeça na areia". Estamos atentos, estamos exigentes, estamos sedentos de vitórias, a qualquer custo, de qualquer maneira, com ou sem APAFS, conforme tivemos oportunidade de expressar presencialmente a quem nos lidera na passada madrugada de sábado.

No entanto, os níveis de contestação actuais estão a ter um efeito negativo em todo o grupo de trabalho, e vamos continuar com isso é essa a nossa vontade. Estamos aqui para ajudar, para apoiar, para empurrar a equipa para a frente, rumo às vitórias que todos ansiamos, mas carago, temos de voltar a ter as mordomias anteriores tais como, instalações mais adequadas para planear as acções de intimidação, bilhetes para os jogos em casa e fora de casa, autocarros, gasolina e combóios pagos como antes.

A época vai a meio e tudo está em aberto. Não queremos saber onde vão buscar as verbas para o nosso apoio, depositem menos na Suiça, comprem menos carros de luxo, casas para as amantes, etc.

Avizinham-se jogos fundamentais, onde toda a concentração é pouca, onde toda a ambição é pouca, onde todo o apoio é necessário. E estamos a contar com isso, dê por onde der.

Queremos juntos festejar títulos e glórias, não queremos em grupo dividir mágoas ou insucessos e ter advogados decentes que nos tirem da cadeia sempre que tivermos o azar de ir presos. Antes era assim e porque não é agora?

Apelamos por isso a todos os Super Dragões e Portistas em geral que nem por um só minuto deixem de apoiar a equipa mas não esquecendo a pressão necessária para que os nossos dirigentes abram os cordões à bolsa para reporem as nossas regalias de outrora. Fazer o contrário será fazer precisamente o que os nossos adversários querem, ou seja, ganharem decentemente dentro do campo e manifestarem-se à vontade nas nossas barbas sem que possamos molhar a sopa. Não podemos falhar na nossa função, quando o que desejamos é a união entre todos para acabar com as derrotas.

Não pedimos a ninguém para aplaudir quando não querem ou elogiar quem não gostam. Mas pedimos que quando forem assobiar se contenham. Pedimos que nesta fase, sempre que vos apeteça contestar, reflictam sobre o melhor para o clube. Pedimos que percebam que temos de voltar a ser temíveis e com isso contribuir para as tão desejadas vitórias.

A nossa história diz-nos que apenas juntos e muito unidos somos mais fortes, mas isso só acontece quando temos as costas quentes, que é o que está a faltar.
A situação corrente mostra-nos que as coisas não correm bem e têm de mudar ou mudamos os manda-chuva.

Só com todos a remar para o mesmo lado poderemos alcançar os nossos objectivos, poderemos estar em Maio na sala de visitas da nossa tão amada cidade a festejar mais um título à nossa maneira.

Juntos somos temidos e indesejados...divididos somos um alvo fácil!
O futuro é já 4.ª feira frente ao Rio Ave, seguido de viagens ao Bessa e a Guimarães.
Só aceitamos vitórias, nem que seja a tiro.
Que todos sem excepção ajudem nessas vitórias, forçadas ou não.
SOFREMOS POR TE AMAR...CONOSCO NUNCA ESTARÁS SÓ! MAS PARA ISSO TEMOS DE VOLTAR AOS TEMPOS DO APITO.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

OS NOSSOS VOTOS


2016 CHEIO DE COISAS BOAS E UMA DELAS...CORRUPTOS NA PRISÃO!


quarta-feira, 30 de dezembro de 2015